terça-feira, 17 de novembro de 2015

Dia Mundial do combate ao Câncer de Próstata!


Gente, hoje vamos falar de um assunto muito importante: a prevenção do câncer de próstata e como estamos em novembro azul vou falar um pouco para vocês sobre esse assunto que é responsável por 10% de todas as mortes em pacientes do sexo masculino, segundo o Portal da Sociedade Brasileira de Urologia.


Então vamos prevenir sempre, não vamos deixar para depois os exames que temos que fazer de controle, pois é muito importante sempre cuidarmos de nossa saúde! Ela é muito importante e sem ela não conseguimos realizar pequenas coisas.. só quem já ficou doente do que estou falando! Então não deixe de ir ao médico se sentir qualquer coisa diferente, cansaço, dor, qualquer coisa que não está normal em seu corpo o médico tem que ser avisado, ok? Não temos que ter medo dos médicos, eles estudaram para nos ajudar a cuidar de nossa saúde e o que eles querem é que nossa saúde esteja 100% sempre.
Eu sempre fiz exames regularmente e sempre me preocupei com minha saúde, mas o linfoma apareceu logo depois de uma queda brusca da imunidade e o linfoma, infelizmente não tem como prevenir, mas como eu diagnostiquei rápido e corri pro médico, consegui me curar!!! Se eu não tivesse me preocupado ou ficasse com medo de ir saber o que era, eu poderia não ter tido a sorte de me curar. Imagina? Vamos nos conscientizar!
Por isso é muito importante sempre ficarmos de olho em nosso corpo, sempre fazer exames e sempre ir ao médico. O câncer de próstata por exemplo pode ser detectado por um simples exame de toque que auxilia na detecção precoce da doença, então se você aí não faz esse exame por medo de mexer com sua masculinidade saiba que sua saúde é muito mais importante do que seu EGO!!!



INFORMAÇÕES IMPORTANTES:



Fatores de risco:
– Idade (cerca de 62% dos casos são de homens a partir dos 65 anos);
– Histórico familiar;
– Raça (maior incidência entre os negros);
– Alimentação inadequada, à base de gordura animal e deficiente em frutas, verduras, legumes e grãos;
– Sedentarismo;
– Obesidade.
Sintomas (aparecem nos casos avançados):
– Vontade de urinar com urgência;
– Dificuldade para urinar;
– Levantar-se várias vezes à noite para ir ao banheiro;
– Dor óssea;
– Insuficiência renal;
– Dores fortes no corpo.

Assistam esse vídeo do Dr Drauzio Varella:

Nenhum comentário:

Postar um comentário