segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Granulokine

O que é Granulokine?


Nesse vídeo vamos tirar algumas dúvidas sobre esse medicamento que ajuda a aumentar a imunidade durante o tratamento oncológico. Se você tem mais alguma dúvida sobre o granulokine deixe seu comentário no vídeo. 


quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Cateter (Port-a-cath)


Meu melhor amigo!

Oi genteee,

Nesse vídeo vamos tirar algumas dúvidas sobre o nosso melhor amigo durante o tratamento o Cateter =) 


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Nutrição oncológica!



Durante o tratamento ficamos muitas vezes sem vontade de comer por conta dos efeitos colaterais da medicação, mas manter nossa nutrição é essencial para o sucesso do tratamento, nesse vídeo vamos dar dicas de como você pode ter nutrientes em seu corpo mesmo quando estiver enjoada e sem vontade de comer.


quarta-feira, 22 de novembro de 2017

HPV tem cura!

Hoje quero compartilhar com vocês sobre HPV, esse vírus é uma doença sexualmente transmissível, se manifesta através de sintomas como verrugas que surgem na região íntima após o contato íntimo com um indivíduo infectado.
Durante um tratamento quimioterápico, nossa imunidade fica muito baixa, e devemos sempre ter um acompanhamento com ginecologistas no caso de nós mulheres e urologista para os homens, para fazer o papanicolau e outros exames de rotina para prevenir qualquer tipo de vírus e doenças.
O HPV não possui nenhum tipo de sintoma, por isso é muito importante o acompanhamento com seu médico.
Durante o tratamento podemos continuar tendo uma vida sexual ativa, mas sempre nos cuidando e acompanhando com os médicos.
Muitas vezes algumas pessoas se curam sozinha do HPV, quando seu sistema imunológico está alto, caso tenha descoberto que está com HPV não se apavore, existem tratamentos para esse vírus, o que temos que ter é paciência pois muitas vezes eles demoram para desaparecer.
Tratamentos que existem para eliminar esse vírus do corpo como:
  • Uso de pomadas e de soluções aplicadas pelo médico em consultório e;
  • Cirurgias de cauterização (laser) realizadas de tempos em tempos pelo médico.
 Além desses tratamentos convencionais pode ser útil investir nos tratamentos caseiros, fortalecendo o sistema imune com o consumo de alimentos ricos em vitamina C, como abacaxi, acerola e morango, por exemplo.

Vacina do HPV

A vacina contra o HPV é indicada para mulheres e homens entre 9 e 26 anos e serve para diminuir o risco de câncer do colo do útero, de pênis e ânus. A vacina é gratuita para todas as meninas entre 9 e 13 anos de idade porque tem uma eficácia de 100% quando é administrada antes do primeiro contato íntimo. A partir dos 14 anos de idade, quem desejar tomar a vacina contra o HPV deve compra-la na farmácia.
Quem já teve contato íntimo ou já possui HPV também pode tomar a vacina porque ela protege contra outros tipos de HPV. Após a toma da vacina ainda é necessário usar preservativo em todas as relações sexuais para evitar a contaminação com outros vírus do HPV.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Canal do Youtube!!

Oi Genteee!!

Tenho novidadesss, agora vocês vão poder me acompanhar também pelo meu canal no youtube!!!!



O primeiro vídeo já está no ar> https://www.youtube.com/watch?v=pG88CjGEdJ8&t=7s

Não deixem de se inscrever no canal e compartilhar os vídeos para que mais guerreiros e guerreiras vençam essa batalha!

Deixem sempre seus comentários e sugestões de vídeos e se tiverem dúvidas também, estou sempre aqui para ajudar vocês!

Beijos

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Reposição hormonal após tratamento!


Está se identificando com todos os balões da imagem?

Pois é, após o tratamento quimioterápico precisamos ajustar nossos hormônios, pois entramos em uma menopausa forçada para garantir que a medicação não atinja nossos órgãos de reprodução.

Agora que acabei o tratamento preciso fazer uma reposição hormonal, pois ainda não voltou ao normal, então eu tomo pilula anticoncepcional que ajuda a diminuir todos esses problemas.

É muito importante você ter um acompanhamento ginecológico após o tratamento para manter os hormônios equilibrados.

Eu confesso que quando ouvi falar em reposição hormonal fiquei com receio, pois sempre ouvi que fazer reposição hormonal não é bom, mas conversando com minha médica ela me explicou que na minha idade é importante fazer a reposição e sempre bem controlado e com doses baixas que não vão me prejudicar futuramente.

Então se tiver dúvidas sobre esse assunto, sempre pergunte para seu médico.